Sindicatos de 14 categorias do DF se reúnem no Sinpol, nesta quarta (22), para debater o sucateamento do serviço público.

Dirigentes de 14 sindicatos de diversas categorias do serviço público do Distrito Federal reúnem-se na sede do Sindicato dos Policiais Civis do DF (Sinpol-DF) nesta quarta, 22, às 15h. Na pauta, o sucateamento do serviço público e a desvalorização dos servidores.
O grupo discutirá essas questões e seus reflexos nesse momento de período eleitoral. Para os dirigentes, a melhoria dos serviços públicos precisa ter um novo enfoque. “Os serviços públicos atendem a praticamente toda a população e os próprios servidores. O desmonte dos serviços e a desvalorização dos servidores vêm gerando impactos muito negativos para a sociedade e não podemos esperar que um novo governo se estabeleça para que algo seja feito”, afirma Rodrigo Franco, presidente do Sinpol-DF.
Para os sindicalistas, esse é o melhor momento da melhoria no serviço público ser amplamente discutido, não somente pelos candidatos, mas por toda a população.
Além do Sinpol, participam do encontro as seguintes entidades:
– Sindicato dos Trabalhadores na Assistência Social do DF (Sindisasc-DF);
– Sindicato dos Enfermeiros do DF (Sindienfermeiros-DF);
– Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Purificação e Distribuição de Água e em Serviços de Esgotos do (Sindágua-DF);
– Sindicato dos Odontologistas do Distrito Federal (SODF);
– Sindicato dos Auxiliares e Técnicos em Enfermagem do DF (Sindate-DF);
– Sindicato dos Delegados de Polícia do DF (Sindepo-DF);
– Sindicato dos Médicos do DF (SindMédico-DF);
– Sindicato dos Servidores Públicos Civis da Administração Direta, Autarquias, Fundações e Tribunal de Contas do DF (Sindireta-DF);
– Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF);
– Sindicato dos Tecnólogos, Técnicos e Auxiliares em Radiologia do DF (Sinttar-DF);
– Sindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa do DF (SINDSSE-DF);
– Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do DF (Sindpen-DF);
– Sindicato dos Servidores do Detran DF (Sindetran-DF).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *