NOTA DE ESCLARECIMENTO

Em relação a busca e apreensão na sede do Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias do Distrito Federal-SINDPEN-DF, realizada no dia 27.06.2018, o Presidente Leandro Allan Vieira esclarece que a denúncia, feita por via anônima, de envolvimento do Presidente Leandro Allan com um preso, é fruto de mais uma tentativa de desconstituir o bom trabalho de toda uma categoria, que tem como premissa o bem estar, legalidade, boa prestação de serviço à sociedade por parte dos agentes penitenciários, e do sindicato, que sempre atua com firmeza em defesa dos interesses da classe.

Fazer denúncia anônima de suposta visita do presidente do sindicato a qualquer preso é

tentar fantasiar uma realidade, pois o presidente de uma instituição sindical acompanha o

trabalho da sua base, que é no sistema penitenciário. É prerrogativa do dirigente sindical fiscalizar o ambiente de trabalho em que o agente penitenciário labora, onde visitamos cada corredor em que os servidores caminham que é dentro das unidades prisionais, e se não bastasse todos esses fatos, o presidente do SINDPEN-DF é agente penitenciário.

Esta instituição fez várias brigas homéricas, como a suspensão da privatização do sistema

penitenciário do DF, por melhores condições de trabalho e salário, distintivo e brasão próprios, e pedimos a fiscalização, informatização e a criação de uma comissão de licitação para compras de produtos para as cantinas, e em conjunto com outros sindicatos de Agentes Penitenciários brasileiros, conseguimos o porte de arma nacional, e tudo isso incomoda muita gente.

O método de perseguição recorrente a esta instituição e toda a categoria já é de conhecimento do Ministério Público do Trabalho e vamos continuar trabalhando para denunciar e fazer cessar os abusos cometidos contra os dirigentes sindicais e todos os Agentes Penitenciários do DF.

LEANDRO ALLAN – PRESIDENTE DO SINDPEN-DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *