TRAGÉDIA ANUNCIADA: AGENTES EVITAM CARNIFICINA NO PRESÍDIO 470

Agentes de plantão, perceberam movimentos estranhos vindo do Pavilhão C, ao averiguar à situação, perceberam que apenados estavam soltos, andando pelo Pavilhão em plena luz do dia, por volta das 15:00h

No ultimo domingo (26), por volta das 18:00h. Mais uma vez agentes penitenciários do presídio Milton Soares de Carvalho (470), em Porto Velho, evitaram uma tragédia, uma carnificina anunciada pelas facções e uma fuga em massa.

Agentes de plantão, perceberam movimentos estranhos vindo do Pavilhão C, ao averiguar à situação, perceberam que apenados estavam soltos, andando pelo Pavilhão em plena luz do dia, por volta das 15:00h.

Agentes Penitenciários do plantão não puderam fazer nada, devido a escassez de servidores na unidade prisional, são em média 05 servidores de plantão efetivo, e em média 06 agentes fazendo horas extras, totalizando em 11 à 12 agentes penitenciários para 430 detentos. De imediato foi chamado o grupo de ações penitenciárias especiais (GAPE). Por volta das 18:00hs com à chegada do GAPE, começou à operação de retomada dos pavilhões.

GUERRA DO PCC COM CV

Tudo começou devido à guerra entre essas duas facções, os presos do Pavilhão C queriam matar os do Pavilhão A, graças à ação rápida dos agentes, evitaram uma tragédia de grande proporção.

Nas revistas descobriram 04 celas com as grades serradas, também foram encontrados centenas de armas artesanais (chuchus), ferros pontiagudos, que seriam usados na prática dos delitos.

DÉFICIT E RISCO IMINENTE

Não é de hoje que notícias como essas estão sempre em destaque sobre o presidio 470, foram várias fugas e tentativas, uma morte e motins de apenados. Agentes Penitenciários que não quiseram se identificar com medo de represália, revelam à omissão por parte dos responsáveis, além da estrutura caótica, o efetivo é precário e preocupante, eles temem pelo pior, pois sabem que não tem nenhuma estrutura para segurar uma rebelião. “Os responsáveis não olham pela segurança da população e muito menos pela segurança dos agentes penitenciários, não existe nenhum projeto de segurança ou planejamento por parte dos responsáveis, brincam de fazer segurança com um trabalho muito sério e perigoso. Destacam eles.

Fonte: 010 – Rondoniaemqap

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *